Buscar
  • expandjr

O “novo normal”: tendências para o comércio diante do novo coronavírus

Atualizado: Jul 9

Escrito por: Elisa Blunt e Júlia Sant’Anna



Desde março deste ano, quando a OMS declarou a pandemia causada pelo novo coronavírus, o mundo tem sofrido mudanças em velocidade exponencial. Economias desaceleradas, fechamento de fronteiras e interrupção do funcionamento de indústrias são alguns exemplos das consequências trazidas pela pandemia. Esses fatores têm preocupado empresários e funcionários dos mais diversos setores, dada tamanha incerteza do momento que não só o Brasil como todo o mundo está atravessando. Tendo em vista este cenário de imprevisibilidade, é preciso estar atento aos novos rumos do mercado para se adaptar às transformações e reconfigurar os modelos de negócios ao chamado “novo normal”.


Como resultado da pandemia, percebe-se que uma das grandes tendências de 2020 tem sido o e-commerce, comércio eletrônico. Muitas empresas que estavam ainda cogitando a adoção deste modelo, agora estão acelerando sua entrada como forma de preservar o mercado. Com a impossibilidade de livre circulação de pessoas em inúmeros locais, comprar pela internet se torna por vezes a única alternativa. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, somente entre março e maio houve um de aumento de 70% na base de usuários de e-commerce.


Outro efeito advindo do isolamento social é o crescimento no serviço de delivery. O aplicativo de entregas Rappi, por exemplo, apresentou um aumento de 10% no volume de pedidos (Google Trends). Além disso, o home office também parece ter vindo para ficar. O site Exame mostra que cerca de 1/3 das empresas no mundo adotarão o home office permanentemente após a pandemia, o que mostra uma total reconfiguração nos moldes do trabalho. Com isso, as pessoas que trabalham de casa terão de se adaptar, já apontando para uma previsão de aumento no consumo de materiais de escritório e afins.


Grandes incertezas nos rodeiam em âmbito socioeconômico, entretanto, é possível afirmar que as configurações atribuídas ao trabalho e ao comércio sofrerão profundas alterações. Inúmeras empresas tiveram de agilizar o processo de digitalização do seu comércio devido ao isolamento social, e é relevante ressaltar que muitos desses serviços ainda se encontram mal estruturados. Logo, a busca por uma consultoria que oriente tanto a adaptação ao e-commerce quanto a expansão da venda digital é essencial para as empresas que desejam se manter atualizadas. Numa era de rápida obsolescência e imprevisibilidade, o “novo normal” vem nos lembrar da importância de se manter atualizado e adaptável.



Fontes:

https://exame.com/revista-exame/a-grande-guerra-do-e-commerce/

https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/comercio-eletronico-antes-e-depois-da-pandemia-do-coronavirus/

https://abcomm.org/noticias/e-commerce-cresce-mesmo-durante-a-pandemia/









43 visualizações
Cópia de Cópia de Cópia de Sem nome (1).

AINDA COM DÚVIDAS?


Nós temos a solução! Fale com um de nossos especialistas. 

Logo Nova.png

ENDEREÇO

Av. Pasteur, 250 - Urca

Rio de Janeiro - RJ
Universidade Federal do

Rio de Janeiro - UFRJ

CNPJ: 28.318.312/0001-67

Feito com     por Graziele Vieira

          CONTATO

            comercial@expandjr.com.br                +55 (21) 96941 9446
              /expandjr

              /expandjr

              @expandjr

linkedin.png
Facebook.png
instagram.png
ODS Expand.png